Skip to Store Area:

Empório Wicca

 

Itens de 1 até 15, total de 81

por página

Grade  Lista 

Definir Direção Descendente

Itens 1 até 15 do total 81

por página
Página:
  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5
  6. ...
  7. 17
Imã - vw - 6cm x4cm
R$2,70
imã, tamanho 4x4

vampire woman Saiba Mais

Pingente - Triquetra
R$19,50
Importado

Excelente qualidade

Linda Peça.

pingente com cerca de 2cm de altura x 1,2cm de largura. ACOMPANHA CORRENTE Saiba Mais

MayFolk - Colar com Amuleto Nórdico- Runas
R$15,00
Colar com Amuleto Nórdico- Runas, 100% artesanal, by MayFolk. Saiba Mais
Livro - DOGMA E RITUAL DE ALTA MAGIA - ELIPHAS LEVI (NOVO - CLÁSSICO)
R$59,90
novo

Origem: NACIONAL

Editora: MADRAS

Edição: 13

Ano: 2008

Assunto: Esoterismo - Ocultismo

Idioma: PORTUGUÊS País de Produção: BRASIL

Código de Barras: 9788537004173

ISBN: 8537004170

Encadernação: BROCHURA

Nesta obra, você toma contato com a magia em sua grandeza de ciência. O esclarecimento do obscuro, da conciliação e da paz. Um livro para os iniciados e para quem está ingressando no ocultismo, no misticismo ou em qualquer sociedade secreta.

Leitura obrigatória para os neófitos da prática da magia ritual. Saiba Mais

Caixa Quadrada - Red fantasy - ULTIMA PEÇA

De: R$77,00

Por:
R$29,90

Importada EUA linda caixa com estampa delicada e, simplesmente, linda. Ideal para guardar ervas, pedras, oráculos, poções, etc. no tamanho 12 x 12 x 7.c. Saiba Mais
vela vela bicolor amarela e vermelha
R$2,25
vela bicolor amarela e vermelha Pavio especial. Tamanho tb especial, com cerca de 16cm. Valor unitário Saiba Mais
MayFolk - Colar Lua
R$33,50
MayFolk - Colar Lua

Artesanal

Saiba Mais

MayFolk - Colar com Amuleto Nórdico- Runa Raidho
R$15,00
Colar com Amuleto Nórdico- Runas, 100% artesanal, by MayFolk.

Raidho - A carruagem

Posição normal: Viagem, união e progressos em direção às metas da vida.

Invertida: Rompimentos, fracassos e viagens desagradáveis.

Saiba Mais

Pingente - Vassoura
R$11,49
Com 5,8cm de comprimento . Na cor prata .

A vassoura tem sido associada com a magia, devido à sua forma, o uso em rituais de purificação e de seu parentesco com varinhas mágicas. E uma ferramenta doméstica comum e sagrada em todas as partes do mundo, as divindades da vassoura existe.

Na China, a deusa vassoura é Ch’ing Niang Niang ou Ch’ing-Niang. Conhecida como a Dama da vassoura. E um costume na China, quando a chuva dura muito tempo, ameaçando as culturas, os agricultores cortam imagens de vassouras em papel e cola em suas portas e cercas para trazer bom tempo e sol.

No México pré-colombiano, os astecas adoravam a deusa Tiazolteotl, que normalmente era representada carregando ou andando numa vassoura. Em seus ritos, os sacerdotes queimavam incenso e faziam vassouras de junco. Corujas, cobras, e a Lua também eram dedicadas a ela.

Nos velhos tempos, vários tipos diferentes de vassouras foram preparados para a magia. Não se deve usar a vassoura mágica na limpeza da casa. Você deve ter uma vassoura reservada somente para a magia e mais nada.

Existem muitas associações feitas entre vassouras e bruxas.Bruxas não voam em suas vassouras, Mas elas usam as vassouras para limpar suas casas das influências negativas. Relatórios de que as bruxas galopavam em vassouras durante suas danças rituais podem ter algum fundo de verdade, talvez isso fosse feito para abençoar a fertilidade de suas colheitas. Ainda hoje, pular a vassoura ainda é um ato realizado nos casamentos wiccans.

VASSOURA MÁGICA

Quando estiver limpando a casa, diga: “Eu varro trazendo dinheiro e sorte. Que varre para longe o mal e a pobreza.”

Não é sábio deixar uma cama vazia por muito tempo. Se você precisa viajar, coloque uma vassoura na cama, colocando as cerdas sobre o travesseiro. Isto guardará a cama contra o mal até que você retorne.

Se você tem pesadelos, você pode colocar uma vassoura debaixo da cama para varrer os sonhos ruins.

Nunca varra em direção a porta da frente. Se fizer desta maneira, você estará varrendo a sua sorte para fora.

Canção da Vassoura

Vassoura, vassoura longa e flexível Feita a partir das cinzas Amarrada com tiras de casca de salgueiro Na execução do escuro da lua Com um pentagrama E o fogo ritual é aceso Varre em círculo, deosil Varre o mal, varre a doença Circule a terra Faça a vontade da Senhora

Vassoura, vassoura, vassoura Varra a escuridão, varra a perdição Solo sagrado Livre-nos senhora De demónios, do vermelho do inferno Nos leve para sua terra verde Pelo riacho ou lareira

FOLCLORE Durante o Renascimento e nos tempos medievais, a crença de que as bruxas viajavam em vassoura aconteceu mais no continente europeu do que nas ilhas britânicas. Apenas uma vez essas vassouras foram mencionadas nos julgamentos de bruxas com o povo inglês. No entanto, a imagem de uma bruxa voando na vassoura tornou-se um estereótipo cultural popular.

Várias teorias explicam esta associação das vassouras com as bruxas:

– Vassouras são símbolos da domesticidade feminina, uma ferramenta de cada mulher, e as bruxas eram mulheres. Séculos atrás, era costume as mulheres colocarem suas vassouras nas chaminés ou deixá-las fora da porta da entrada da casa para mostrar aos vizinhos que ela estava fora de casa. Daí, foi um passo acreditar que as bruxas, supostamente.

– A associação entre bruxas e vassouras remonta aos tempos antigos, quando os pagãos realizavam ritos de fertilidade para fazer com que a agricultura fosse farta. Essas pessoas saltavam no alto das colinas, no ar e dançavam sob suas vassouras.

– A correlação entre vassouras e bruxas não foi perceptível até o final do século 16 e início de 17. Antes disso, as bruxas eram retratadas, montadas em pás, paus, forquilhas. Eventualmente, as bruxas eram mostradas na companhia de um ou mais demónios em formas de animais.

Segundo a lenda, as bruxas voavam em suas vassouras para o sabbats, às vezes levando junto demónios ou seus familiares nas formas de animais. Eles também montavam em suas vassouras para voar para o mar, a fim de levantar as tempestades. Dizia a lenda que os novatos, por vezes, caiam. Nas noites de festivais, moradores estabelecidos, pegavam suas foices para matar qualquer bruxas que caísse de suas vassouras. Os sinos das igrejas eram tocados, pois acreditava-se que tinham o poder de derrubar as bruxas de suas vassouras.

Uma bruxa famosa, escocesa do século 17, afirmou ter usado sua vassoura por uma razão atípica. Em vez de usá-la para voar, ela usou para enganar o marido. Antes de ir para um sabá, Isobel substituiu sua vassoura por ela mesma na cama. Ela disse que ele nunca soube a diferença, e que essa atitude poderia ter sido apenas um acontecido em seu casamento, do que uma confissão de bruxaria.

As vassouras também foram utilizados na magia do tempo. “Em Hamburgo, marinheiros, depois de labutar muito tempo contra um vento, outro veleiro em direção oposta, lança uma vassoura velha no mar, acreditando assim, reverter o vento. (fonte: http://www.astrologosastrologia.com.pt/blog/wicca/wicca-o-uso-da-vassoura-na-magia/) Saiba Mais

Pingente - Vassoura (bronze)
R$11,49
Com 5,8cm de comprimento . Na cor prata .

A vassoura tem sido associada com a magia, devido à sua forma, o uso em rituais de purificação e de seu parentesco com varinhas mágicas. E uma ferramenta doméstica comum e sagrada em todas as partes do mundo, as divindades da vassoura existe.

Na China, a deusa vassoura é Ch’ing Niang Niang ou Ch’ing-Niang. Conhecida como a Dama da vassoura. E um costume na China, quando a chuva dura muito tempo, ameaçando as culturas, os agricultores cortam imagens de vassouras em papel e cola em suas portas e cercas para trazer bom tempo e sol.

No México pré-colombiano, os astecas adoravam a deusa Tiazolteotl, que normalmente era representada carregando ou andando numa vassoura. Em seus ritos, os sacerdotes queimavam incenso e faziam vassouras de junco. Corujas, cobras, e a Lua também eram dedicadas a ela.

Nos velhos tempos, vários tipos diferentes de vassouras foram preparados para a magia. Não se deve usar a vassoura mágica na limpeza da casa. Você deve ter uma vassoura reservada somente para a magia e mais nada.

Existem muitas associações feitas entre vassouras e bruxas.Bruxas não voam em suas vassouras, Mas elas usam as vassouras para limpar suas casas das influências negativas. Relatórios de que as bruxas galopavam em vassouras durante suas danças rituais podem ter algum fundo de verdade, talvez isso fosse feito para abençoar a fertilidade de suas colheitas. Ainda hoje, pular a vassoura ainda é um ato realizado nos casamentos wiccans.

VASSOURA MÁGICA

Quando estiver limpando a casa, diga: “Eu varro trazendo dinheiro e sorte. Que varre para longe o mal e a pobreza.”

Não é sábio deixar uma cama vazia por muito tempo. Se você precisa viajar, coloque uma vassoura na cama, colocando as cerdas sobre o travesseiro. Isto guardará a cama contra o mal até que você retorne.

Se você tem pesadelos, você pode colocar uma vassoura debaixo da cama para varrer os sonhos ruins.

Nunca varra em direção a porta da frente. Se fizer desta maneira, você estará varrendo a sua sorte para fora.

Canção da Vassoura

Vassoura, vassoura longa e flexível Feita a partir das cinzas Amarrada com tiras de casca de salgueiro Na execução do escuro da lua Com um pentagrama E o fogo ritual é aceso Varre em círculo, deosil Varre o mal, varre a doença Circule a terra Faça a vontade da Senhora

Vassoura, vassoura, vassoura Varra a escuridão, varra a perdição Solo sagrado Livre-nos senhora De demónios, do vermelho do inferno Nos leve para sua terra verde Pelo riacho ou lareira

FOLCLORE Durante o Renascimento e nos tempos medievais, a crença de que as bruxas viajavam em vassoura aconteceu mais no continente europeu do que nas ilhas britânicas. Apenas uma vez essas vassouras foram mencionadas nos julgamentos de bruxas com o povo inglês. No entanto, a imagem de uma bruxa voando na vassoura tornou-se um estereótipo cultural popular.

Várias teorias explicam esta associação das vassouras com as bruxas:

– Vassouras são símbolos da domesticidade feminina, uma ferramenta de cada mulher, e as bruxas eram mulheres. Séculos atrás, era costume as mulheres colocarem suas vassouras nas chaminés ou deixá-las fora da porta da entrada da casa para mostrar aos vizinhos que ela estava fora de casa. Daí, foi um passo acreditar que as bruxas, supostamente.

– A associação entre bruxas e vassouras remonta aos tempos antigos, quando os pagãos realizavam ritos de fertilidade para fazer com que a agricultura fosse farta. Essas pessoas saltavam no alto das colinas, no ar e dançavam sob suas vassouras.

– A correlação entre vassouras e bruxas não foi perceptível até o final do século 16 e início de 17. Antes disso, as bruxas eram retratadas, montadas em pás, paus, forquilhas. Eventualmente, as bruxas eram mostradas na companhia de um ou mais demónios em formas de animais.

Segundo a lenda, as bruxas voavam em suas vassouras para o sabbats, às vezes levando junto demónios ou seus familiares nas formas de animais. Eles também montavam em suas vassouras para voar para o mar, a fim de levantar as tempestades. Dizia a lenda que os novatos, por vezes, caiam. Nas noites de festivais, moradores estabelecidos, pegavam suas foices para matar qualquer bruxas que caísse de suas vassouras. Os sinos das igrejas eram tocados, pois acreditava-se que tinham o poder de derrubar as bruxas de suas vassouras.

Uma bruxa famosa, escocesa do século 17, afirmou ter usado sua vassoura por uma razão atípica. Em vez de usá-la para voar, ela usou para enganar o marido. Antes de ir para um sabá, Isobel substituiu sua vassoura por ela mesma na cama. Ela disse que ele nunca soube a diferença, e que essa atitude poderia ter sido apenas um acontecido em seu casamento, do que uma confissão de bruxaria.

As vassouras também foram utilizados na magia do tempo. “Em Hamburgo, marinheiros, depois de labutar muito tempo contra um vento, outro veleiro em direção oposta, lança uma vassoura velha no mar, acreditando assim, reverter o vento. (fonte: http://www.astrologosastrologia.com.pt/blog/wicca/wicca-o-uso-da-vassoura-na-magia/) Saiba Mais

Livro - O SIGNIFICADO DA BRUXARIA - GERALD GARDNER (RARO - SEMI NOVO)
R$63,50
Subtítulo: UMA INTRODUÇAO AO UNIVERSO DA MAGIA

Origem: NACIONALEditora: MADRAS

Edição: 1

Assunto: Esoterismo - Ocultismo

Idioma: PORTUGUÊS

Ano: 2004

País de Produção: BRASIL

Código de Barras: 9788573747874

ISBN: 8573747870

Encadernação: BROCHURA

Altura: 16,00 cm

nº de Páginas: 302

Descrição:

você conhece as origens da Bruxaria? Sabe qual é a simbologia das velas, dos incensos e demais rituais de uma bruxa? Sabe o que é um coven, ou já participou de um sabá? Gerald Gardner, a figura mais importante no ressurgimento da Bruxaria, autor do célebre A Bruxaria Hoje (Madras Editora, 2003) e diretor do Museu de Magia e Bruxaria, em Castletown Isle of Man, escreveu um livro a respeito desse assunto a fim de sanar as dúvidas e inquietações de correspondentes do mundo todo.O resultado é este: O Significado da Bruxaria, que se propõe a debater essas e outras questões que ainda povoam o imaginário das pessoas, sempre de maneira simples e direta, para aqueles que têm curiosidade e querem entender um pouco mais esse mundo do oculto. Eis alguns dos assuntos deste livro: - A Bruxaria na Bretanha; - Memórias e Crenças sobre as Bruxas; - As Origens da Bruxaria na Idade da Pedra; - A Bruxaria na Época dos Romanos e Saxões; - Signos e Símbolos; entre outros. Por meio deste livro, você vai fazer uma verdadeira viagem às origens da Bruxaria e ficar mais próximo do seu real significado, pois, no dizer de Gardner: "é a profundidade das raízes que preserva a árvore". Saiba Mais

Bracelete Indiano
R$35,25
Importado: EUA

Fabricação: Índia

Bracelete em prata tibetana

com cerca de 2,2cm de largura. Saiba Mais

Itens de 1 até 15, total de 81

por página

Grade  Lista 

Definir Direção Descendente

Itens 1 até 15 do total 81

por página
Página:
  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5
  6. ...
  7. 17

)O( Loja do Empório Wicca )O(